9 competências digitais que aumentam a tua empregabilidade

Portugal possui um grande défice em competências digitais. Mais de metade da população portuguesa (52%) entre os 16 e os 74 anos não possui qualquer competência básica na área digital.

Atualmente, 38% dos recrutadores em Portugal tem dificuldades em encontrar pessoas com as competências certas. Em contrapartida, a taxa de desemprego continua a ser uma das mais elevadas da União Europeia (UE).

Prevê-se que, até 2020, mais de 90% dos postos de trabalho na UE vão exigir competências digitais. Algumas das profissões que existem atualmente vão desaparecer nos próximos anos devido ao avanço tecnológico, enquanto outras serão criadas.

Cada vez mais as empresas procuram profissionais versáteis, que dominem certas habilidades tecnológicas. Por esse motivo, o Skillsdigital selecionou as 9 competências digitais que te podem ajudar a encontrar um trabalho.

Conhece também 9 competências comportamentais que aumentam a tua empregabilidade

 

1. Pesquisar e analisar a informação 

Conseguir fazer pesquisas para encontrar informação relevante na Internet é bastante importante. Saber utilizar um motor de busca como, por exemplo, o Google, para localizar textos, imagens, vídeos, mapas e outros conteúdos é uma competência digital fundamental. Também é necessário perceber como filtrar essa mesma informação, analisá-la, descobrir se é fiável, assim como organizá-la e armazená-la.

 

2. Colaborar através de vários canais de comunicação 

Num mercado de trabalho cada vez mais flexível e colaborativo, é preciso saber trabalhar em equipa, interagir e partilhar ideias com os elementos envolvidos num projeto, quer seja cara a cara ou virtualmente. Conseguir comunicar e colaborar com outras pessoas em ambientes digitais, através de mensagens por email, chat, Skype, comunidades, redes, entre outros. Existem diversas ferramentas online vocacionadas para a gestão de tarefas colaborativas como, por exemplo, o Trello e Asana.

 

3. Utilizar diferentes plataformas

Outra competência digital bastante importante é estar à vontade com diferentes plataformas, dispositivos, serviços e sistemas operativos. Ou seja, conseguir utilizar um computador, smartphone e tablet, trabalhar em ambiente Windows, Mac, etc., e saber usar os serviços de armazenamento na cloud, como é o caso do Google Drive e DropBox.

 

4. Produzir conteúdos digitais

Conseguir criar, modificar, gerir e partilhar conteúdos (texto, vídeo, imagem, áudio, tabelas, etc.), utilizando várias plataformas e ferramentas em ambiente digital é uma mais-valia. Entender como usar editores de texto, folhas de cálculo, programas de design gráfico, edição de vídeo e fotografia, construção de sites, etc. Também é fundamental reconhecer os direitos de propriedade intelectual e licenças de utilização nas obras digitais produzidas por terceiros.

 

5. Ter noções de Marketing Digital

A maioria das empresas está presente online, ou seja, possui um site, utiliza canais de social media, email marketing ou ferramentas como Google AdWords para promover os seus produtos ou serviços, comunicar com o público-alvo e atrair mais clientes. Por isso, ter noções de Social Media Marketing, SEO, Google Analytics, Google AdWords, Email Marketing, entre outros, pode fazer a diferença quando procuras um trabalho.

Descobre os melhores cursos de Marketing Digital em Portugal e como podes aprender Marketing Digital grátis

 

6. Possuir conhecimentos de Programação

Dentro de alguns anos, saber programar vai ser tão importante como saber escrever ou ter conhecimentos de uma ou mais línguas estrangeiras. As empresas procuram cada vez mais profissionais que dominem linguagens de programação como, por exemplo, JavaScript, PHP ou Python.

Descobre onde podes aprender programação grátis

 

7. Resolver problemas

Outra competência digital muito importante é a capacidade de solucionar problemas. Ou seja, conseguir identificar a ferramenta, software, aplicação, serviço ou plataforma mais apropriada para uma determinada necessidade, resolver problemas relacionados com o equipamento, ligação à Internet, etc.

 

8. Gerir a identidade digital 

É comum os recrutadores pesquisarem pelos candidatos para um trabalho na Internet. Por isso, é essencial saber gerir a identidade e reputação online, perceber qual o conteúdo que pode ser partilhado e que não afeta, a curto ou longo prazo, a imagem profissional que se pretende transmitir. É preciso ter cuidado com as fotografias e vídeos que se partilha nos canais de social media, assim como comentários ou opiniões que possam gerar controvérsia.

 

9. Perceber os procedimentos de segurança e privacidade 

Entender como verificar as configurações de segurança e privacidade dos equipamentos, softwares, aplicações, serviços e plataformas, proteger dados, detetar ameaças virtuais, etc., é fundamental. Só assim é possível salvaguardar informações confidenciais.

 

Conhece também 11 competências digitais que deves possuir antes de deixar a universidade.  

 

Créditos da Imagem: Startup Stock Photos

 

No Comments

Leave a Comment